MATÉRIAS DESTE BLOG

Na coluna a direita você encontra TRÊS BLOCOS onde estão divididas ás matérias deste Blog, é só clicar no link e você será redirecionado para á página solicitada.

DEPENDÊNCIA QUÍMICA - PRINCÍPIOS DE RECUPERAÇÃO

O dependente químico seja ele de drogas como: Cocaína, Maconha, Crack, Oxi, inalantes, solventes e bebidas alcoólicas, deve observar alguns princípios básicos para conseguir atingir a sobriedade, deixando de lado suas necessidades que o induzem ao consumo das substâncias.

É aconselhável seguir esta sequência!

1º Mudança de comportamento;
2º Crescimento espiritual;
3º Controle sobre suas emoções e sentimentos.

MUDANÇA DE COMPORTAMENTO

Não é possível o dependente deixar o consumo e viver na sobriedade mantendo o mesmo comportamento que possuía durante o período em que permanecia no uso.

Torna-se totalmente insensato o indivíduo que pensa conseguir parar de usar as substâncias vivendo da mesma maneira que anteriormente.

Os hábitos e costumes, as amizades, os ambientes em que vive devem ser modificados. A princípio, o dependente deve acima de tudo preservar-se á toda e qualquer situação que possa o induzir ao consumo das substâncias de sua dependência.

É praticamente impossível o dependente permanecer na sobriedade vivendo em contato com pessoas que fazem o uso de drogas ou bebidas, o fato de ver as pessoas fazendo o uso o torna totalmente vulnerável, o dependente perde o auto-controle e caso ele não faça o uso naquele instante, provavelmente o fará em outro lugar, pois o raciocínio, daquele momento pra frente fica desestruturado, e não por vontade própria, mas sim devido a sua grande fraqueza (DOENÇA) que o conduzirá ao uso.

Essa mudança de comportamento deve ser de forma radical, e ajudará muito ao dependente começar a praticar atividades ao qual ele não praticava durante o período em que estava no uso das substâncias. Veja alguns exemplos abaixo:

Conviver com pessoas que não fazem o uso das substâncias;

Não frequentar lugares onde pessoas façam o uso das substâncias;

Ter uma melhor convivência familiar;

Praticar esportes (Atenção com os demais participantes);

Não se expor a situações que possam o desestabilizar sentimentalmente e emocionalmente;

Participar de Grupos de Apoio ao dependente (AA, NA, Amor Exigente, Pastorais de Sobriedade, etc.), esta atividade deve ser praticada ao menos uma vês por semana;

Buscar dentro da espiritualidade conforto para suas dificuldades. (Buscar em Missas, Cultos, Grupos de Oração, Grupos de Jovens ou de Terceira Idade, etc.), esta atividade deve ser praticada ao menos uma vês por semana;

Se dedicar a leituras como (Livro de Auto Ajuda, Livros Religiosos, Matérias de Assuntos de seu interesse, etc.)

Fazer passeios em novos lugares em companhia de pessoas sóbrias (Recomenda-se em companhia de algum familiar);

Fazer atividades de lazer sempre onde não haja pessoas no uso;

Dentro dessas mudanças de comportamento é aconselhável que o dependente não saia sozinho por um determinado período a fim de não fazer o uso e consequentemente ganhar forças para continuar na sobriedade.

É aconselhável também que a princípio durante um determinado período o dependente não saia com dinheiro, cheque ou cartão de crédito, pois o dinheiro é uma grande causa de muitas recaídas de dependentes químicos.

OBS: Vale lembrar que a condição de não sair sozinho ou não portar dinheiro não é definitiva, isso é bom utilizar no princípio da sobriedade e a partir do momento em que a sobriedade já estiver bem solidificada, a recuperação se torna rotineira e a vida volta totalmente ao normal. (Sem álcool ou drogas).

QUESTÃO IMPORTANTÍSSIMA

Para prosseguir na mudança em que poderá levar o dependente a sobriedade, deve-se considerar que não é possível passar para a próxima etapa sem ter concluído essa primeira, pois o dependente não conseguirá crescimento espiritual sem uma mudança radical de seu comportamento.

CRESCIMENTO ESPIRITUAL

Concordo com muitos que colocam a dependência química como uma doença a ser tratada clinicamente, porém não tenho dúvidas que ela também é uma Doença Espiritual.

Na grande maioria das vezes o dependente químico no uso tem uma vida totalmente desregrada e é muito comum a prática de: Prostituição, Adultério, Pornografias, Mentiras, Roubos, Furtos, Atos desonestos, Desavenças Familiares ou com terceiros. O dependente também se torna uma pessoa arrogante, prepotente, orgulhosa, egoísta, malvada, soberba e cheia de muitos outros defeitos de caráter.

Todas as coisas citadas acima estão fortemente relacionadas a problemas sentimentais e emocionais mostrando um total descontrole do dependente em uso das substâncias.

Esses problemas sentimentais e emocionais muitas vezes são tratados de forma clínica, onde na verdade o individuo acaba ainda por ingerir novas drogas (Remédios), fazendo que, com a ausência das substâncias o individuo se torne totalmente impotente perante a toda e qualquer situação relacionada á sua vida.

Aqui é que entra a questão da baixa, pouca ou nenhuma espiritualidade (QUEDA ESPIRITUAL).

Toda a condição ao qual o dependente químico se enquadra, como dito acima, se relaciona perfeitamente com o pecado, fazendo que o indivíduo tenha uma separação de DEUS, ficando enfraquecido espiritualmente e sem forças para domínio/controle de suas ações, sentimentos e emoções.

Tenho observado durante todo o período em que acompanho á dependentes químicos, que a partir do momento em que o individuo se fortalece espiritualmente, aprendendo e vivendo os ensinamentos de Jesus Cristo, ele passa a ter um domínio próprio, conseguindo corrigir seus defeitos de caráter, dominando suas emoções e sentimentos ao mesmo tempo.

Além de que através da humildade aprendida através do evangelho, começa a se integrar de maneira bastante positiva a uma sociedade diferente daquela que ele vivia, onde todos vivem em sobriedade e compartilham dos mesmos ideais.

Entramos aí em uma questão bastante interessante que é a de o individuo passar a ter contatos e relacionamentos com pessoas diferentes, começa também a frequentar lugares diferentes, passa a ter um estreitamento familiar, passa a ser visto pela sociedade de uma maneira diferente também, evitando assim muitos contratempos que o afetam sentimentalmente e emocionalmente.

Temos muitos casos relatados por muitos médicos especialistas e até mesmos cientistas que não conseguem explicar muitas curas milagrosas onde a medicina e a ciência já haviam perdido a esperança da cura, sendo assim Deus através da fé da pessoa operou o milagre da cura, pois Deus tudo pode.

As orações, a busca de uma proximidade com Deus, a determinação em seguir os evangelhos, a participação dentro das comunidades religiosas, o convívio com pessoas religiosas, o comportamento cristão, a fé e a confiança em Deus tem sido por todos os tempos a maneira mais eficaz de se recuperar um dependente químico. E afirmo que também no meu caso, após VINTE E SEIS anos de uso das substâncias, após SEIS tratamentos psiquiátricos, após CINCO acompanhamentos psicológicos e SEIS internações, foi em Deus que encontrei a alegria de voltar a viver, foi em Deus que encontrei o meu PORTO SEGURO, foi em Deus que adquiri o verdadeiro valor de um ser humano e consequentemente a sobriedade. E dessa forma resgatei o respeito social, profissional, familiar e principalmente o respeito próprio.

OBS: A internação em uma comunidade católica, e o tratamento interno de nove meses foi o primeiro passo para esse crescimento espiritual, porém a busca foi e é até hoje fundamental para que eu consiga me manter na sobriedade.

COMO O CRESCIMENTO ESPIRITUAL PODE AUXILIAR NO CONTROLE DAS EMOÇÕES E DOS SENTIMENTOS?

A falta de compreensão e aceitação com os acontecimentos da vida, a falta de compreensão com as pessoas próximas, as decepções e frustrações consigo mesmo, ou com outras pessoas, as emoções e sentimentos gerados pelo ódio, raiva, inveja, ciúme, incompreensão, agressividade verbal e física, as consequências de reservas de traumas do passado, a falta de perdão próprio ou ao próximo, a falta de recebimento de perdão do próximo, o medo do fracasso, do insucesso, o sentimento de desprezo, a rejeição consigo mesmo, ou ser rejeitado, a condição financeira, o fato de ter se tornado um dependente químico, ser uma pessoa ansiosa, o estres, o tédio, a timidez, a solidão, o ressentimento, ser muito preocupado, ser humilhado, criticado, carregar consigo lembranças ruins do passado, levam o individuo a uma profunda depressão, tristeza e desanimo, provocando falta de iniciativa para solucionar seus problemas e consequentemente ao uso de drogas ou bebidas alcoólicas.

Claro que nem todos os dependentes sofrem todas essas emoções e sentimentos, porém qualquer um deles pode ser o fator fundamental para o consumo do álcool e das drogas.

Dentro da espiritualidade o individuo aprende que nem sempre tudo aquilo que lhe acontece de forma contrária á sua vida, deve ser analisada de forma destrutiva.

Aprendemos que Deus está no comando de nossas vidas, que ele sempre quer o melhor para nós, aprendemos que no momento certo Ele agirá e mudará nossa condição. Passamos através de nossa fé a confiar em Deus, entendemos o nosso semelhante, passamos a agir de forma coerente, sem desespero, sem medos, vemos todas as coisas de uma forma espiritual, seguindo os ensinamentos de Jesus em nossas atividades e a partir daí começamos a colher frutos dentro dos resultados.

Quando se torna um verdadeiro cristão, não se tem medo de nada, passa-se a ter um coração alegre e cheio de coisas boas, ocupando os espaços que antes eram das emoções e dos sentimentos negativos.
À medida que crescemos espiritualmente o individuo se aproxima mais de Deus, e automaticamente fica mais próximo da luz, e assim de Jesus, que é o Caminho, a Verdade e a Vida.

 A busca pela espiritualidade nos coloca em sintonia com um mundo novo, onde os lugares que frequentamos e as pessoas com que nos relacionamos também passam a nos auxiliar em nossa recuperação, pois no meio dos verdadeiros cristãos não existe nem as drogas e nem o álcool. É assim que deve ser!

Quando o individuo se afasta das coisas erradas em que fazia e persevera na oração, passa automaticamente a deixar de fazer aquelas coisas que são ruins aos olhos de Deus, e é claro como consequência disso se afasta do pecado e do mal, sendo assim, quanto mais próximo de Deus, mais longe do pecado, e quanto menos pecado, mais próximo de Deus. Esse efeito é duplamente favorável, ação e reação.

OBS: Nem sempre somente emoções e sentimentos negativos induzem o dependente químico ao uso, muitas emoções e sentimentos positivos o induzem também, como:

Euforia, alegria, exaltação, boas notícias, paixão, amor, sexo, excesso de confiança, etc.

Essas emoções e sentimentos positivos devem também serem tratadas como risco de uso, e olhadas com bastante atenção, aprendendo a controlá-las de forma que não levem ao uso.

Quando vivemos nos caminhos de Deus, também aprendemos a lidar com nossas emoções e sentimentos positivos, pois elas passam a acontecer em nossas vidas de maneira em que entendemos que realmente é a ação do Espírito Santo em nosso favor, assim nos colocamos em posição de agradecimento á Deus, esperando sempre com confiança que muito mais coisas boas nos aconteçam, portanto não buscamos mais nem no álcool e nem nas drogas complemento para a nossa alegria, pois nossa alegria já é completa em Cristo Jesus.

Vale lembrar que essa busca pelo crescimento espiritual tem que existir todos os dias de nossas vidas, se renovando em orações e cultos á Deus, procurando viver sempre mais e mais os ensinamentos de Jesus, não permitindo assim que haja por parte das forças espirituais do mal nenhuma ação contra nossas vidas.

E nunca se esqueça!

Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Jo 3, 16



Clique nas Imagens e Conheça nossas Palestras de Prevenção ao uso indevido de Álcool e Drogas, assim você será direcionado para a página onde poderá assistir as apresentações.

Palestra em Power Point sobre Prevenção 
ao uso de Álcool e Drogas        

                                      

Palestra em Power Point sobre 
Prevenção ao uso do Crack       




Palestra em Power Point sobre Prevenção e Tratamento 
do Alcoolismo para Jovens e Adultos





CONHEÇA TAMBÉM
E-BOOK: COMO PARAR DE BEBER E USAR DROGAS


COMO PARAR DE BEBER E USAR DROGAS


8 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Clínica de Recuperação Grupo Casoto
    Internação de dependentes químicos e alcoólatras www.grupocasoto.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ótima matéria parabéns da Clínica de Recuperação SP www.clinicaderecuperacaosp.com.br

    ResponderExcluir
  5. A dependência é uma condição complicada e séria, deve ser tratada com muita atenção pelo médico responsável.
    http://reabilitacaodedrogas.com.br/

    ResponderExcluir
  6. O Grupo de Recuperação é uma empresa de referência nacional com grande experiência no direcionamento, auxílio, tratamento e encaminhamento para internação de dependentes químicos, além de oferecer todo suporte necessário aos familiares.
    www.grupoderecuperacao.com.br

    ResponderExcluir
  7. O Grupo de Recuperação é uma empresa de referência nacional com grande experiência no direcionamento, auxílio, tratamento e encaminhamento para internação de dependentes químicos, além de oferecer todo suporte necessário aos familiares.
    www.grupoderecuperacao.com.br

    ResponderExcluir
  8. A espiritualidade é fundamental para a recuperação do adicto, sem Deus nada somos!!
    Obrigada pela matéria,nos traz esperança,e nos mostra que é possível viver uma vida de sobriedade.

    ResponderExcluir